Doença de peyronie atinge de 6 a 7% dos homens

Doença de peyronie atinge de 6 a 7% dos homens

Também conhecida como Curvatura Peniana, a Doença de Peyronie caracteriza-se pela presença de placas fibróticas na membrana que envolve a haste do pênis (Túnica Albugínea). Compromete a elasticidade do corpo cavernoso, que é uma estrutura cilíndrica que se enche de sangue para promover a ereção, causando dor, curvatura anormal e até diminuição do tamanho e calibre peniano. É uma patologia comum entre os homens de 40 a 65 anos, e que provoca uma tortuosidade no pênis, dificultando e às vezes até mesmo inviabilizando a relação sexual. Embora a prevalência ser maior nos pacientes acima de 40 anos, cada vez mais se realiza o diagnóstico em pacientes mais jovens.

Consulte sue urologista pelo vez uma vez ao ano.